HOMEM QUE FOI VELADO E ENTERRADO APARECE VIVO

Fazenda da Paz
A família do artesão Geraldo Humberto de Carvalho, com cerca 55 anos, iniciou uma luta judicial para provar que Geraldo está vivo, depois de morto e enterrado. O artesão, depois de três meses desaparecido, reapareceu numa missa em ação de graças pelo aniversário de 23 anos da comunidade terapêutica Fazenda da Paz, de onde ele foi interno, no Piauí. Geraldo de Carvalho fazia tratamento contra alcoolismo e desapareceu. Ele virou morador de rua e mendigo por três meses. A família, sem noticias, reconheceu um corpo no IML como sendo o do artesão, fez velório e sepultamento. O diretor da Fundação Fazenda da Paz, Célio Luiz Barbosa, informou que Geraldo foi acolhido novamente na instituição. Ele disse que a família está muito abalada e não quer mais se expor sobre o caso. Em relação ao homem enterrado como sendo Geraldo Humberto de Carvalho, ainda não tem identificação e nem se sabe se será feita a exumação do corpo para fazer outro tipo de identificação. A família tinha reconhecido o corpo por característica físicas.

As informações são da Agência Estado 
Resultado de imagem para ANUNCIE AQUI

Comentários

Anterior Proxima Página inicial