PREFEITURA FAZ REMOÇÃO DE RESTOS MORTAIS DE ANTIGO CEMITÉRIO

Restos mortais deixados no antigo cemitério
Já se encontram em urnas instaladas no cemitério novo, os restos mortais que, devido à seca da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, emergiram no cemitério da antiga cidade de São Rafael, que foi inundada pelo reservatório artificial. O recolhimento dos restos mortais no  cemitério antigo e traslado para o novo aconteceram na manhã deste sábado (28/02), por decisão do prefeito da cidade José de Arimateia Braz. “Deixar os restos mortais a céu aberto, seria corroborar com o erro do DENOCS, que numa falta de respeito com os familiares desses mortos, não cumpriu o que foi acordado, que era a retirar todos os cadáveres do cemitério velho e levar para o novo”, disse o prefeito.   O que restou dos cadáveres foi recolhido pelo coveiro de São Rafael, colocados sacos plásticos e depositados em urnas construídas para este fim no atual campo santo da cidade. “Autorizamos o coveiro da cidade a fazer o recolhimento dos restos mortais, acondicioná-los em sacos plásticos, exclusivamente comprados para este fim e, por nas urnas no novo cemitério”, disse o chefe do executivo de São Rafael. O Prefeito pretende enviar ofício ao DENOCS, Departamento Nacional de Obras Contra as Secas, solicitando explicações sobre o porquê dos restos mortais terem sido deixados no antigo cemitério. “Vamos enviar ofício ao DENOCS, solicitando explicações sobre este acontecimento, para que possamos dá uma explicação ao povo e, se necessário tomar alguma medida”, disse Arimateia.  

NOTA: Nosso BLOG voltou a manter contato com o DENOCS e, recebeu a informação de que, a empresa contratada para fazer a exumação dos cadáveres e levar para o cemitério novo, precisava de autorização da família do moto, o que pode ter levado a empresa, diante da negativa dos familiares, deixar alguns cadáveres no antigo cemitério. Porém destacou que, para isso, se fazia necessário que os familiares assinassem um documento, se responsabilizando pela não autorização para a retirada do cadáver. 

Comentários

Anterior Proxima Página inicial